Amizade, Amor. Limites?!

O que é a Amizade? O que é o Amor ?

Quando digo amigos, refiro-me a Amigos, com A grande. Aquelas pessoas a quem confiamos os nossos segredos mais íntimos, a quem não temos que fingir que somos os que não somos é que nos aceitam tal e qual como somos. Ricos, pobres, a rir ou a chorar. Longe ou perto,  presencialmente ou por telefone estão sempre lá.

É desses a que me refiro!

Sei que deve haver haver limites entre um a psicoterapeuta e o doente. Mas se é crescer empatia, amizade. Ou será que isso é impossível?

Uma coisa é o que os livros dizem, é dizem que não é suposto, que o terapeuta tem de manter a distância e que é normal que o doente se envolva emocionalmente. Mas que cabe ao médico ter o cuidado de fazer o distanciamento para não pôr o tratamento em risco.

Confesso que tenho alguma dificuldade em perceber isso, se o sentimento de amizade for recíproco. Mas quem sou eu?!

A verdade é que me envolvi, não pedi,não fiz nada para que isso tivesse acontecido.

Agora? Agora, sinto que tenho que dar mais espaço entre as sessões, tentar perceber se sou capaz de viver sem elas.

Porquê? Porque não quero sentir mais dor! Quero que esta atenue e eu consiga viver com o fato que eu sou uma mera cliente, doente, que vai a um consultório, que paga 70€ para estar a falar com uma estranha dos meus mais profundos medos, receios, traumas, defeitos. Mas que essa pessoa, nunca passará disso.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s