Sabor da Despedida

despedida

Devia estar contente e feliz, afinal é Natal. E Natal é sinónimo de Família, Amigos, Amor, Amizade e Reencontros.

Mas, a verdade é que não estou, porque o sabor da despedida é amargo.

É chegada a hora de mais uma vez de me despedir de quem mais gosto, de
quem me faz falta, de quem fez tanto por mim, de quem me preenche.

Pessoas que tanto admiro e que tanto respeito, apesar das diferenças. Pessoas que me ensinam a viver e a ser uma pessoa melhor.

Sinto-me mais uma vez, frágil, vulnerável e com algumas dúvidas sobre esta “viagem”…

Tudo em nome de uma nova experiência, tudo em nome da procura constante de um futuro melhor, não só para nós mas para os nossos filhos. Tudo porque no nosso País não conseguimos ter a mesma qualidade de vida.

Tudo por nada, Tudo por tudo.

Ás vezes acho que é um preço demasiado alto.

Dava tudo para não me sentir assim. Dava tudo para vos ter ao pé de
mim, dava tudo …

Mas sei que tudo não é possível, por isso só me resta agradecer a Deus por me ter dado o previlégio de ter estado mais uns dias, mais uns minutos na vossa companhia.

O meu coração é pequeno para tamanha dor, mas como tudo na vida, esta dor há-de passar.

Tenho esperança que o tempo transforme o meu coração em pedra, rijo que nem uma rocha, capaz de suportar as mais desvastadoras tempestades.

É este o sabor da despedida.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s